Início / Destaque / Troca de faixa de atletas reúne multidão no Parque da Cidade

Troca de faixa de atletas reúne multidão no Parque da Cidade

Mais de 400 crianças e jovens de centros de treinamento de Salvador participaram de um grande evento de graduação de Jiu-Jitsu neste domingo (3/12), no Parque da Cidade. O evento capitaneado pelo Projeto Social Boa Luta teve como objetivo favorecer que os alunos de artes marciais sigam o sistema de graduação da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ) e possam participar de competições nacionais e internacionais.

Padrinho do Projeto Boa Luta e incentivador do evento, em parceria com mestres de diversas academias e a Federação Baiana de Jiu-Jitsu (CBJJ), o vereador Felipe Lucas destacou as artes marciais como “a mais poderosa” ferramenta de inclusão social que pode servir à educação. “Por isso, hoje essa é minha bandeira. Porque acredito sim, que através do esporte nós vamos poder resgatar vidas e fazer um Brasil melhor”, reforçou o parlamentar autor da lei que institui a Semana de Artes Marciais de Salvador e do projeto que indica ao Executivo a criação do bolsa atleta municipal.

O prefeito ACM Neto foi representado pelo chefe de gabinete, secretário João Roma, que destacou o caráter social do Projeto Boa Luta. “Um projeto que chega na vida de tantas famílias, através das artes marciais, desenvolvendo a disciplina, o respeito, a autoconfiança e assim a cidadania plena”, ressaltou Roma, parabenizando o Vereador Felipe Lucas pela iniciativa de apoio às artes marciais.

A atividade reuniu dezenas de faixas pretas e mestres. O vice-presidente da Federação Baiana de Jiu-Jitsu, Yuri Carlton, ressaltou que a modalidade sai fortalecida do evento com atletas sendo incentivados a competir e se dedicar nos treinos para avançar nas graduações de faixas. Segundo Carlton, o esporte vem crescendo dentro de Salvador. “Nosso projeto tem sido abraçado pelo vereador Felipe Lucas e pela prefeitura, que enxergaram no esporte algo valioso para ser fomentado dentro da nossa cidade”, destacou.

Com foco no incentivo às competições, a graduação ofereceu da faixa branca até a faixa preta, para atletas infantis e adultos, de acordo com o sistema geral de graduação de faixas do Jiu-Jitsu. O processo uniformiza o ensino e a prática dessa arte marcial, padronizando os modelos de competições.

Sobre Mathias Jaimes

Leia Também

Preço dos alimentos registra queda recorde no ano

    Nunca os preços dos alimentos caíram tanto em um ano. Até novembro, esses ...

Deixe uma resposta