Início / Bahia / Festival Virada Salvador: SPMJ inicia hoje (28) acolhimento dos filhos de ambulantes

Festival Virada Salvador: SPMJ inicia hoje (28) acolhimento dos filhos de ambulantes

Para garantir os direitos de crianças e adolescentes durante o Festival Virada Salvador 2018, a Secretaria de Política para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) montou um esquema especial para os dias de festa. No Réveillon, profissionais de diversas áreas estarão a postos para fornecer toda a assistência necessária aos menores encaminhados para o centro de convivência. Os filhos de ambulantes, que trabalhão no período e são cadastrados na SEMOP (Secretaria Municipal de Ordem Pública), poderão ser acolhidos na Escola Municipal Luíza Mahin entre os dias 28 de dezembro de 2017 e 01 de janeiro 2018.

Localizado no bairro de Armação, o espaço próximo ao megaevento foi organizado para abrigar pessoas de 0 a 17 anos. O funcionamento será dividido em dois turnos, diurno e noturno. Educadores sociais, psicólogos, pedagogos, auxiliares de serviços gerais, coordenadores (assistentes sociais), supervisores, seguranças e motoristas foram contratados para recepcionar, desenvolver atividades recreativas e cuidar dos acolhidos nos cinco dias de operação.

Segundo a secretária da SPMJ Taissa Gama, a escola funcionará por 24h, em estilo hospedaria, oferecerá 6 refeições diárias e terá programação lúdica. “Faremos uma festa de Réveillon para as crianças, com animadores, música e fantasias criadas por elas mesmas. Os acolhidos também poderão assistir aos fogos na noite de 31 de dezembro de dentro escola, que é muito próxima à Arena Daniela Mercury. Está tudo ok para recebermos nossas crianças, que a partir de hoje já começam a chegar”, afirma.

Os pais ou responsáveis legais, que tiverem interesse em deixar as crianças e adolescentes sob os cuidados dos profissionais capacitados, deverão dirigir-se até a escola portando certidão de nascimento, RG e comprovante de residência, tanto do adulto responsável quanto do acolhido. O encaminhamento também poderá ser feito a partir da intervenção dos agentes municipais ou do Conselho Tutelar, cabendo aos responsáveis a entrega de toda a documentação do menor.

Além da recepção aguardada a partir de hoje, haverá ainda uma abordagem realizada em parceria com a SEMPS (Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza). Em hotéis, shoppings, aeroporto e rodoviária promotores farão divulgação sobre a importância do combate ao trabalho infantil.

A Escola Municipal Luiza Mahim fica no endereço: Rua Simon Bolívar, Armação, Salvador – BA. Os telefones para contato são (71) 3461-4009 e (71) 99617-5302.

Sobre Mathias Jaimes

Leia Também

Lula se mostrou nervoso e violento no RJ: ameaças e ataques ao TRF 4

A quase uma semana de ser julgado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da ...

Deixe uma resposta