Início / Bahia / CMS celebra Dia da Consciência Negra com exposição do quadro Zumbi dos Palmares, da artista plástica França

CMS celebra Dia da Consciência Negra com exposição do quadro Zumbi dos Palmares, da artista plástica França

Vereadores da Câmara Municipal de Salvador participaram, na tarde desta segunda-feira (20), de solenidade em homenagem ao Dia da Consciência Negra, no Salão Nobre do Poder Legislativo. No ato, o presidente da Casa, vereador Leo Prates (DEM), abriu a exposição do quadro “Zumbi dos Palmares”, da artista plástica França.

O ato foi carregado de simbolismo. A obra que retrata o líder negro foi pintada em 1984 em um concurso popular realizado pela Câmara Municipal de Salvador, na gestão do então presidente Ignácio Gomes, por reivindicação do movimento negro da capital baiana. O quadro ficará exposto no Memorial da Casa Legislativa. “O espírito de Zumbi hoje é resgatado na Câmara Municipal de Salvador com essa obra. Esse dia simboliza a luta contra as injustiças e as desigualdades”, afirmou Leo Prates, que ainda parafraseou Martin Luther King. “Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele”, lembrou, ao lembrar que o concurso público da Câmara terá 30% das vagas destinadas aos candidatos negros, através do regime de cotas raciais.

Luta contra o racismo / Presidente da Comissão da Reparação da Câmara, o vereador Moisés Rocha (PT) parabenizou Leo Prates pela iniciativa e também ressaltou a importância da data. “Se o que nos impede de crescer é o racismo, então vamos derrubar mais essa barreira”, convocou. Na mesma linha, o presidente da Comissão de Cultura, vereador Sílvio Humberto (PSB) lembrou as batalhas diárias dos negros na luta por igualdade. “O racismo impede que a nossa sociedade seja plena. As nossas diferenças, a pluralidade do nosso povo, que são coisas fantásticas e de um potencial enorme, infelizmente são transformadas em hierarquias e ferramentas de opressão”, destacou.

Ao lado do quadro, um texto feito pela professora de História, Jéssica Paranaguá, formada pelo Instituto Cultural Steve Biko, que conta principais pontos da trajetória do “Rei dos Palmares”.

Sobre Mathias Jaimes

Leia Também

Lula se mostrou nervoso e violento no RJ: ameaças e ataques ao TRF 4

A quase uma semana de ser julgado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da ...

Deixe uma resposta