Início / Cultura / Baile dançante abre programação em comemoração ao Dia do Idoso

Baile dançante abre programação em comemoração ao Dia do Idoso

A tarde desta segunda-feira (25) foi mágica para os idosos que residem no Abrigo Dom Pedro II, na Cidade Baixa. O espaço deu início às comemorações pelo Dia do Idoso, celebrado em 1° de outubro, com uma programação festiva diária que vai contar com atividades culturais, esportivas, de saúde, convivência, lazer e informação. As atividades comemorativas são promovidas através da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), e seguem até a próxima segunda-feira (2). A programação deste ano tem como tema “Idoso, cidadão de direitos”.

A abertura contou com uma dinâmica para reforçar o entendimento sobre os direitos que o público tem perante a sociedade, além de debater situações em que este segmento pode recorrer ao poder público, caso esses benefícios sejam infringidos. Depois, os acolhidos puderam cantar e dançar no baile musical “Recordar é Viver”, promovido por voluntários do grupo Caravanas da Arte, que ocorreu no salão da instituição. Mais de vinte idosos participaram da ação, que atraiu também familiares e amigos.

Residindo no abrigo há um ano, Francisca Batista, de 75 anos, se diz feliz em poder participar das atividades e reforçou que, para ela, o espaço tem grande importância, já que resgatou sua dignidade no local após sair de situação de rua. “Aqui eu me sinto gente, aqui estou em casa. Adoro as atividades e me divirto muito. Para a gente tudo é uma festa”, frisou.

Já para Lúcia Maria, de 74 anos, melhor do que a programação comemorativa é o convívio fraterno diário que é compartilhado com todos os funcionários e assistidos na instituição. “A gente aqui é tratado com muito amor. As assistentes sociais, nutricionistas, cuidadoras e todos os funcionários nos tratam com cuidado e nos respeitam. A gente pode tudo, sair, dançar, ir para o shopping e até namorar”, contou sorridente. Lúcia mora no espaço há aproximadamente três anos, após deixar sua residência por conta de conflitos familiares.

De acordo com a gerente da unidade, Valéria Brito, essas atividades geram um ganho emocional para todos os participantes. “Este ano, o tema foi pensado para que eles pudessem conhecer seus direitos. É uma semana de festa, com atividades voltadas para a saúde e outras áreas. A programação é pensada junto com eles, que opinam e nos sugerem o que pretendem fazer”, explicou. Ao todo, 60 idosos são assistidos no espaço.

Sobre Mathias Jaimes

Leia Também

SOJA e Natiruts neste sábado em Salvador

Um apresenta o Poetry in Motion” e o outro “Índigo Cristal”. SOJA e Natiruts estarão ...

Deixe uma resposta